Fonte: [+] [-]





Sessão Vitrine Petrobras



*Apresentação do Projeto

Por H.Hirao

A Sessão Vitrine está de volta, agora turbinada com o patrocínio da Petrobras. Renomeada como Sessão Vitrine Petrobras, estreia no dia 9 de fevereiro, quinta-feira, em vinte cidades de 18 estados, além de Brasília (Distrito Federal). No entanto, as curadoras do projeto, Silvia Cruz (fundadora da distribuidora Vitrine Filmes), Talita Arruda e Letícia Santinon, estão abertas à adesão de novas cidades durante o ano. Isso mesmo: as sessões acontecerão durante todo o ano de 2017. Cada filme será exibido por, pelo menos, duas semanas, sempre no mesmo horário, no mesmo cinema. Espera-se que isso forme um público cativo, criando o hábito no espectador de frequentar o cinema. Pelo menos duas semanas, porque nada impede que um exibidor queira manter o filme em cartaz por mais tempo, em outro horário.

De acordo com relatório divulgado no final de janeiro pela Agência Nacional do Cinema (Ancine), o ano de 2016 bateu o recorde de filmes nacionais lançados nos cinemas: 143 produções. O número de espectadores também cresceu: foram 30,4 milhões de ingressos vendidos para produções nacionais, o que corresponde a 16,5% do total de ingressos. O número de salas exibidoras também aumentou: terminamos o ano de 2016 com 3.168 salas de cinema. Apesar disso, as salas que exibem filmes de arte e independentes estão diminuindo. Existe, portanto, um “gargalo” na exibição de filmes com esse perfil menos comercial. A Sessão Vitrine Petrobras vem justamente permitir que essas obras possam ser assistidas em tela grande.

Os filmes escolhidos (veja a lista parcial abaixo) abrangem produções de diversos estados do país, permitindo a divulgação de culturas e levantar questões regionais. Também constam coproduções internacionais, como o premiado O Ornitólogo, coprodução entre Brasil, Portugal e França. A curadoria procura apresentar ao público produções com propostas estéticas autorais, tanto ficções quanto documentários, que abordam diferentes temas. Algumas das sessões serão acompanhadas de debates e encontros com realizadores, críticos e/ou especialistas, permitindo que o público conheça melhor o filme a que assistiu, e dar a sua opinião. O preço do ingresso é mais um atrativo para as sessões, pois não excederá R$ 12,00 (inteira) e R$ 6,00 (meia). Além disso, será possível adquirir o “Cartão Fidelidade Sessão Vitrine Petrobras”, que dará acesso gratuito a todas as sessões.

A iniciativa é mais do que bem-vinda, e podemos prever que a Sessão Vitrine Petrobras fará o ano de 2017 bastante atrativo, pelo menos, para os cinéfilos.


  Títulos Programados (outros serão acrescentados):

A Cidade Onde Envelheço, de Marília Rocha.
Ficção, 2016, 99’. Brasil/Portugal.
Estreia em 9 de fevereiro de 2017.

  Waiting for B, de Paulo Cesar Toledo e Abigail Spindel.
Documentário, 2016, 72’, Brasil (SP).
Estreia em 2 de março de 2017.

  Jonas e o Circo sem Lona, de Paula Gomes.
Documentário, 2015, 81’, Brasil (BA).

Estreia em 16 de março de 2017.

  O Ornitólogo, de João Pedro Rodrigues.
Ficção, 2016, 118’, Portugal/França/Brasil.
Estreia em 30 de março de 2017.

  Martírio, de Vincent Carelli, co-dirigido por Ernesto de Carvalho e Tita.
Documentário, 2016, 160’. Brasil (PE).
Estreia em 13 de Abril de 2017.

  Rifle, de Davi Pretto.
Ficção, 2016, 88’, Brasil (RS).

  Taego Ãwa, de Henrique Borela e Marcela Borela.
Documentário, 2016, 75’, Brasil (GO).

  Muito Romântico, de Melissa Dullius e Gustavo Jahn.
Ficção, 2016, 72’, Brasil/Alemanha.

  Elon não Acredita na Morte, de Ricardo Alves Jr.
Ficção, 2016, 75’, Brasil/Argentina.

  Divinas Divas, de Leandra Leal.
Documentário, 2016, 110’, Brasil (RJ).

  Corpo Delito, de Pedro Rocha.
Documentário, 2016, 160’, Brasil (CE).

  Los Territórios, de Iván Granovsky.
Documentário, 2017, 93’, Argentina/Brasil.

  Invisible, de Pablo Giorgelli.
Ficção, 2017, 90’, Argentina/Brasil.

  Meu Corpo É Político, de Alice Riff.
Documentário, 2017, 72’, Brasil (SP).

  Paulistas, de Daniel Nolasco.
Documentário, 2017, 76’, Brasil (GO/RJ).


*Voltar à página do projeto