OLDBOY:


Fonte: [+] [-]
Original: Idem
País: Coréia do Sul
Direção: Park Chan-Wook
Elenco: Choi Min-Sik, Yoo Ji-Tae e Gang Hye-Jung
Duração: 119 min
Estréia: 13 de maio
Ano: 2004


Old Boy é cinema revigorante e absolutamente essencial


Autor: Leandro César Caraça

Enquanto muitos procuram o cinema iraniano e seus personagens que vivem perdendo coisas, existem aqueles que perceberam a força do atual cinema da Coréia do Sul, cujo mercado sabe muito bem como conviver com os blockbusters necessários, aliados a produções mais autorais e experimentais. Old Boy (2003) de Chan-Wook Park é uma porrada certeira no meio da cara, tão poderosa que divide as opiniões por onde passa, mas que foi mais do que suficiente para arrebatar um merecido prêmio do júri em Cannes no ano passado.

Baseado num mangá japonês de Minegishi Nobuaki and Tsuchiya Garon, o filme apresenta Oh Dae-Su, um homem de meia idade que sem nenhuma explicação é preso numa sala durante quinze longos anos, ao mesmo tempo que descobre que sua mulher fora morta, sendo ele próprio o principal suspeito do crime. Ao ser libertado do cativeiro, ele terá como seu objetivo e única razão de viver, descobrir quem o aprisionou e o motivo. Para tanto Dae-Su fará uso dos ensinamentos aprendidos após uma década e meia de programas televisivos e sessões diárias de luta contra inimigos imaginários desenhados na parede. No seu percurso de vingança ele ainda terá que repensar sua própria existência, sem saber que outras surpresas igualmente cruéis também o esperam.

Old Boy é apenas o terceiro longa da carreira de Chan-Wook Park, que desde já se afirma como um dos grandes cineastas da atualidade. Suas obras são tensas, violentas, originais e super bem filmadas, com destaque aqui para a cena de combate feita numa tomada só, onde Dae-Su enfrenta mais de uma dúzia de homens armados com facas e porretes.

Old Boy é tudo aquilo que David Fincher quer ser na vida, mas que nunca conseguirá porque lhe falta um diferencial, real talento. Um dos melhores filmes exibidos nas telas brasileiras este ano. Old Boy é cinema revigorante e absolutamente essencial.
Leia também: