Elevado 3.5:


Fonte: [+] [-]
Original: Idem
País: Brasil
Direção: João Sodré, Maíra Santi Bühle e Paulo Pastorelo
Elenco: Documentário.
Duração: 72 min.
Estréia: 04/06/2010
Ano: 2007


Nível do solo


Autor: Márcia Schmidt

Parte da trajetória dos caminhos paulistanos, o velho conhecido "minhocão" sempre foi mais que uma ligação de partes importantes da cidade, como diz seu realizador Paulo Maluf no início do documentário Elevado 3.5. Via de aproximação e afastamento do centro da cidade, passamos por ele admirando os decadentes edifícios de arquitetura antiga, e imaginando como seria viver ali, com todo o barullho infernal e fumaça dos carros que vem e vão durante o dia, e pensando também o que seria daquela região e da nossa vida se tal projeto não tivesse sido concretizado, no começo dos anos 70.

O filme apresenta o elevado em níveis, por assim dizer: o dos que trabalham em comércios da região, localizados na via embaixo do viaduto, e o dos moradores das kitinetes e apartamentos que moram no mesmo patamar ou bem acima da construção. Os diretores optaram por entrevistar em sua maioria os que estão ali há anos, e que se mostram favoráveis à manutenção da obra, que sempre foi questionada por arquitetos e urbanistas e até hoje não é bem vista pela população da região, que teve seus imóveis desvalorizados e viu a degradação do local.

Os depoimentos, carregados de uma certa desolação, não se aprofundam ao registrar a relação espaço urbano - morador, se atendo a detalhes do dia-a-dia, profissão e da memória dos entrevistados, e fica evidente a tentativa de aproximação com o trabalho de Eduardo Coutinho (especialmente do já clássico "Edifício Master"), mas sem conseguir extrair a intensidade que o diretor consegue. Um trabalho que ficou no solo, nem subiu ao céus, nem desceu ao inferno.

Leia também: