Kilômetro Zero

“Nosso passado é triste e nosso presente é trágico. Felizmente não temos futuro”. Essa sina, cômica e trágica ao mesmo tempo, proclamada por uma das personagens de “Kilômetro Zero” (mais recente filme do diretor Hiner Saleem e candidato à Palma de Ouro no último Festival de Cannes), encaixa-se perfeitamente à realidade do povo curdo em 1988 – ano no qual se passa a maior parte do filme –, quando a ditadura de Saddam Hussein perpetrava um verdadeiro genocídio contra essa etnia.

Saleem utiliza-se da mesma chave minimalista e cômica de seu filme anterior (“Vodka Lemon”, também exibido por aqui pela Mostra) para acompanhar a trajetória de Ako, um jovem pai de família curdo que se vê obrigado a lutar pelo exército iraquiano na guerra contra o Irã devido à recusa de sua esposa em abandonar o pai enfermo e fugir com ele para a Europa. O filme procede retratando, sempre de maneira contida, as diferenças e conflitos entre os personagens curdos e iraquianos.

Como que a observar e tornar insignificante tais diferenças e conflitos, a onipresença e imponência das belíssimas paisagens semi-desérticas do território curdo são destacadas pela fotografia de Robert Alazraki, que as torna praticamente um dos personagens principais do filme.

Apesar do humor muitas vezes próximo ao surreal e de um impressionante controle na composição dos quadros, ao optar por uma história de poucos acontecimentos e focada em apenas dois ou três personagens, o diretor acaba tornando seu filme em alguns momentos excessivamente monocórdico, segurando o interesse do espectador apenas através de uma frágil estrutura dramática que por vezes pode facilmente dissolver-se, prejudicando este que é, de todo modo, um belo e singelo retrato, embora edulcorado, de um povo que busca sua liberdade e identidade apesar da repressão sofrida.


Leonardo Mecchi – Editor do site Enquadramento






















  Ficha Técnica:  Kilômetro Zero . França/Curdistão. 2005. Direção: Hiner Saleem. Com: Robert Alazraki, Nazmi Kirik, Belcim Bigin. 96 minutos.





Confira outras matérias sobre a Mostra

Voltar para a listagem de filmes do A-Mostra