Fonte: [+] [-]
 

O cinema limítrofe de David Lynch segundo Rogério Ferraraz










Rogério Ferraraz tornou-se um dos mais jovens doutores do Brasil ao defender em 2003, com 29 anos de idade, a tese: "O cinema limítrofe de David Lynch". A tese foi defendida no departamento de Comunicação e Semiótica da PUC-SP e rendeu ao jornalista uma bolsa de pesquisador visitante na UCLA em Los Angeles. A bolsa financiada pela Capes.

Nessa entrevista, Rogério, que atualmente, é professor de jornalismo na Fizo (Faculdade Integração Zona Oeste – Osasco) e de crítica de cinema na PUC, fala sobre a sua tese, sobre a entrevista que fez com David Lynch em Hollywood e, lógico, sobre os filmes do diretor norte-americano.

A entrevista, ou melhor, o bate-papo com os editores do cinequanon.art.br foi realizado no café do anexo do Espaço Unibanco, em São Paulo. Participaram da conversa, Cesar Zamberlan, Cid Nader e Érico Fuks. As fotos são de Fábio Yamaji.

Rogério é também o editor especial de uma das colunas do cinequanon.art.br, “Ensaios e Pesquisas”, que trata de artigos e pesquisas na área de cinema, função que divide com a jornalista e doutoranda em cinema Laura Cánepa.




O cinema limítrofe de David Lynch segundo Rogério Ferraraz


Trechos da entrevista que Rogério Ferraraz fez com David Lynch nos Estados Unidos


Trechos da tese de doutorado de Rogério Ferraraz


Lista completa de trabalhos de David Lynch